Menu

Música e sentimentalismo

1 de setembro de 2015
Vou confessar que sou do tipo de pessoa que leva tudo, principalmente música, pro lado sentimental. SEMPRE afeta. Se ouço Lana Del Rey fico triste e chorosa o dia todo, por exemplo. Quando me perguntam que tipo de música eu ouço, falo que não escuto muitas e na maior parte das vezes prefiro nem comentar sobre o assunto. Já cheguei a falar que não gosto de música no geral.

Não sei se é um problema ou uma grande qualidade minha ouvir a melodia e querer descobrir o que está por trás, interpretar as letras e trazer pra minha vida. As vezes acho que não é bom, acho isso quando só queria ouvir o ritmo e descansar, escrever, ir pra academia ou correr por aí. Quem sabe ficar deitada de fone bem feliz? Já comentei nesse post aqui sobre insegurança e felicidade e acredito que esse amor e ódio por músicas, principalmente as calminhas e românticas, tem muito a ver com a minha estabilidade emocional. Eu quero mudar isso. Já consegui bastante mas ainda assim sei que preciso melhorar. Pelo menos já consigo ouvir Lana!



Eu estou bem centrada nesse negócio de amor próprio mas mesmo praticando parece que não alcanço a estabilidade, sabe? É normal ser uma montanha russa de sentimentos??? Adoro culpar a TPM quando isso acontece, como um chocolatinho e finjo que passa. Me sinto egoísta por muitas vezes não conseguir dar conta de mim mesma. Juro que tento, qualquer dia não vou nem precisar falar disso!

2 comentários

  1. Acho que todas nós passamos por essa mudança de sentimentos, não só por causa da TPM, apesar dela ajudar bastante. hahaha
    Adoro a Lana, ela é tão <33
    Beeeijos ;*
    http://livrosamoremais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito verdade! O pior é passar por essa transição toda hora (meu caso hahahhaa). <3

      Excluir

 
Desenvolvido por Michelly Melo.